Pular para o conteúdo principal

Início das férias 2016 em Bariloche!

Bariloche, Abril de 2016

Um dos momentos mais aguardados do ano havia chegado pra nós: As férias! E com ela uma programação de viagem para alguns destinos que pra nós eram inéditos. O primeiro deles foi San Carlos de Bariloche, na Província de Rio Negro... A porta de entrada da Patagônia Argentina e talvez a cidade mais turística daquele país.

Amandinha correndo no salão de embarque do Aeroparque em Buenos Aires
No início de 2013 eu visitei outras duas "cidades" da Patagônia Argentina que me transformaram num admirador das belezas naturais da região. Foram elas El Calafete, famosa pelas geleiras gigantes e Ushuaia que é a cidade mais ao sul de todo o mundo. Escrevi sobre elas aqui no blog.

Chá de aeroporto

Como do Rio de Janeiro não havia voo direto para Bariloche, tivemos que fazer conexão no Aeroparque em Buenos Aires e, apesar de ter escolhido a conexão com menor tempo possível, a Aerolineas Argentinas fez o favor de trocar nosso voo e acabamos levando quase 10 horas no total até chegar no apartamento que pegamos pelo Airbnb em Bariloche. 

Sentadinha aguardando o voo para Bariloche com a "popó" (galinha pintadinha)

Observando os aviões no pátio do Aeroparque em Buenos Aires
Ao chegarmos em Bariloche por volta das 16hs, só queríamos comprar coisas para comer no apartamento e relaxar depois da longa viagem.... Falando em ap, ficamos em um bastante espaçoso e confortável. Na verdade o fator espaçoso se mostrou uma desvantagem no auge das noites mais frias pois os aquecedores acabavam não dando conta de esquentar bem todos os cantos do imóvel. De positivo vale destacar a localização central a apenas 100 metros do centro cívico de Bariloche que é o coração da cidade... Para nós, entretanto, o melhor do apartamento era a vista te tirar o fôlego que tínhamos do Lago Nahuel Huapi! Simplesmente impressionante! Ah, o preço também beeem tranquilo... a diária não passava do equivalente a 200 reais....

Contemplando o vasto lago Nahuel Huapi
Sol nascendo numa das geladas manhãs que passamos em Bariloche (repare no vento batendo nas árvores....rs)
Amandinha tomando café da manhã no ap
Sete dias em Bariloche

Passaríamos um total de sete dias em Bariloche antes de seguir para o nosso próximo destino. Tempo que foi suficiente para fazermos passeios bacanas, comermos em restaurantes bons e também, por conta de todo o frio, nos encher de doces, chocolates e alfajores! rsrs Minha ideia é contar nos próximos posts mais detalhes de cada um desses aspectos que tornaram essa viagem pra Bariloche bem especial pra gente. :)

Continuo em breve!

Abcs,

Renato Vieira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vinícolas em Santiago: Viña Aquitania

Santiago, Abril de 2015

A Viña Aquitania foi a segunda vinícola que conhecemos em Santiago. Assim como a Concha y Toro, fica bem afastada do centro da cidade mas pode ser acessada com certa facilidade com a combinação metrô e táxi. A estação mais próxima da Viña Aquitania é a estação Quilin, na ruta verde do metrô santiaguino.
Diferente da Concha y Toro, a Viña Aquitania é pequena e desconhecida até mesmo para muitos chilenos. O primeiro taxista que pedimos pra nos levar lá nem sabia da existência dessa vinícola. Fundada por enólogos franceses da região de Bordeaux, a Aquitania produz somente vinhos Reserva e vinhos Premium e tem produção limitada tendo como foco sempre a qualidade ao invés da popularidade e produção em massa. Ainda assim, a maior parte da pequena produção é exportada para países na Europa e para os Estados Unidos. Descobri a Viña Aquitania quando pedi dicas do Chile a Madu, uma colega de trabalho, que também gosta de vinhos e tinha visitado essa casa durante uma via…

Uma tarde em Colonia del Sacramento - Uruguai

Buenos Aires / Colonia del Sacramento, 15 de Fevereiro de 2013

Colonia del Sacramento. Esse é o nome da cidadezinha uruguaia distante 1 hora de Buenos Aires pelo Rio de la Plata, navegando no Catamarã rápido da Buquebus. Na verdade existem outras companhias de barco que fazem essa rota como a Colônia Express, por exemplo. Escolhi a Buquebus que é a maior e mais popular. A proximidade com Buenos Aires e o fato de Colonia ser bem pequena, favorecem e viabilizam um bate-volta no mesmo dia. Decidi chegar lá no Uruguai na hora do almoço e voltar a noite.
A passagem comprei pela internet ainda no Brasil. Existem promoções pra quem volta no mesmo dia. Apesar de sermos todos "hermanos", achei o processo de emigração e imigração no terminal do Buquebus bem sério. Entrei num guichê onde um oficial portuário argentino carimbou minha saída do país e, logo em seguida, na cadeira ao lado, um oficial portuário uruguaio me fez perguntas simples e carimbou minha permissão de entrada no Urugu…

Pinguinera - Ilha Martillo - Ushuaia

Quando saímos do porto de Ushuaia ontem depois do passeio de barco pelo Canal Beagle, Simona e Inbal me disseram que tinham planos de ir até a Laguna del Caminante no dia seguinte, bem cedo, hitchhiking, ou seja, pedindo carona para desconhecidos na estrada. Apesar de admirar muito esse espírito aventureiro delas, falei que talvez não fosse até porque poderia atrasá-las já que na minha cabeça dar carona pra duas meninas seria bem mais fácil do que dar carona para um marmanjo. Peguei o contato delas, nos despedimos e fui pro albergue ver o que faria no dia seguinte.
Ushuaia, Tierra del Fuego, 6 de Fevereiro de 2013

Decidi visitar a Ilha Martillo (nome visto nos mapas) ou Ilha Yécapasela nome original indígena. De especial nessa ilha, nada mais nada menos que uma colônia gigante de pinguins! Assim como os leões marinhos de ontem, pinguins são outros animais míticos para nós brasileiros que, desde a nossa infância, só os vemos pela TV! Nesse passeio, finalmente, teria a oportunidade de …

A busca pelo peixe perfeito em Pipa

Pipa-RN, Maio de 2016

Já nos últimos dias de Argentina pensávamos bastante na nossa volta ao Brasil e principalmente na  nossa chegada ao Nordeste... Pensávamos em o quanto seria gostoso poder comer um bom peixe de água salgada depois de quase duas semanas comendo carne vermelha... Desde o nosso primeiro dia em Pipa fomos então a busca desse tão desejado peixe e graças a Deus a oferta era tão grande quanto a nossa vontade! :) Encontramos alguns muito bons, outros normais mas apenas um PERFEITO! Importante é que terminamos nosso período em Pipa realizados nesse quesito! Para registro, aqui vão dois lugares onde comemos um bom peixe por lá:


Caxangá - Esse restaurante fica bem na praia e serve uma variedade de pratos para além do nosso desejado peixe! Bem tradicional em Pipa, o restaurante faz questão de anunciar através de plaquinhas os nomes de famosos que já comeram por ali... Por ligar muito pra isso (para não dizer o contrário) no momento em que estou escrevendo esse post s…

Café Colombiano em Bogotá

Bogotá, Abril de 2015
Juan Valdez
A Colômbia é o terceiro maior produtor de café do mundo perdendo apenas para o Brasil e para o Vietnã.  No quesito orgulho de seu café no entanto, os colombianos são os primeiros colocados. Eles têm total fascínio pelo café nacional. Por ser uma cidade com temperaturas mais baixas e concentrar grande quantidade de empresas e prédios de departamentos públicos, Bogotá tem várias lojas de café espalhadas pela cidade que estão sempre cheias principalmente durante a manhã, após o almoço e no final de tarde. O mais legal disso tudo é que a loja de café mais popular e com mais franquias / unidades na cidade não é a americana Starbucks e sim a Juan Valdez, um coffee shop 100% colombiano que comercializa café colombiano e foi criado pela própria associação colombiana de produtores de café tendo como sua bandeira principal a valorização e divulgação do café nacional.



Demorei alguns dias para encontrar um Starbucks em Bogotá (não que estivesse procurando).…